A arte de recriar.

Particularmente, eu acho que tudo na vida é talento e esforço, e quando essas duas coisas se juntam, pode dar origem a algo muito espetacular (ou tosco hahaha) mas, a criação do post de hoje é muito interessante.
O trabalho de hoje é de um fotógrafo que produziu fotos de várias cenas clássicas utilizando legos, o seu trabalho envolve iluminação, cenário, caracterização e é claro, imaginação.

Fotografia de Alfred Eisenstaedt. A famosa pose de um marinheiro americano beijando uma jovem na Times Square em 14 de agosto de 1945.

Fotografia de Ian Bradshaw. 20 de abril de 1974 – O australiano Michael O’Brien saiu correndo nu no jogo de Rugby entre Inglaterra e França, em Twickenham.

 

Fotografia de Robert Capa – “O Soldado Caindo”.

Mike Stimpson também chegou a publicar um livro contendo fotos dos personagens do filme Star Wars em situações mais “modernas”.

Representando a foto do homem na lua

 

John Lennon e Yoko Ono no dia do protesto em favor da paz.

Anúncios

Novidade: Do retrô para o mundo moderno

Alguém lembra dos monóculos? Eles eram retângulares, você colocava uma minúscula foto dentro e quando olhava pelo visor, a imagem aumentava de tamanho em até 7x ou mais.

Paisagem

Lembra deles né? Mas essa foto aí em cima não é um monóculo, é a nova novidade do mercado: É uma câmera!

Já está no mercado a nova câmera Lytro Inc., ela possui 214g e pode armazenar até 16 GB de imagens. A câmera é um pouco menor que a palma da mão. O diferencial é a proposta de que, o usuário poderá escolher o foco da imagem depois de ter feito a foto.

A câmera possui:
* Câmera em 3D,
* Tela LCD de 1.46 polegadas (sensível ao toque),
* Saída USB,
* Lente f/2 e zoom de 8x.
* Capacidade de armazenamento: 8GB (U$ 399) e 16GB (U$ 499)
* Disponível em três cores

Além disso, a Lytro traz um aplicativo que possibilita a participação do usuário com a imagem e claro, com as redes sociais.

Gostou? Você pode conferir o vídeo aí embaixo e ver um pouco da sua função.

Continuar lendo

Bicicletas nas ruas de Nova York

Navegando pela net pra conhecer projetos fotográficos e novos fotógrafos, acabei chegando a um tumblr com um projeto sensacional e muito interessante.
A fotógrafa Bridget Fleming intitulou uma séria fotográfica chamada ‘downtownfrombehind’ trata-se de capturar pessoas em sua bicicleta pelas ruas de Nova York.

As fotos são feitas por cerca de 200 ruas e avenidas em Nova York, o resultado é um retrato ambiental para cada rua e tema com o objetivo de destacar um conjunto de indivíduos, emergentes e estabelecidos, cada um exclusivamente contribuindo; culturalmente, socialmente e fisicamente, para fazer esta parte da cidade que é hoje.

Conheça mais dessa série no Tumblr ou Site da fotógrafa.
– Wedson Marques

Já curtiu nossa página no Facebook? Não? Então Clique aqui e fique por dentro de todas as atualizações e novidades!
E siga-nos no Twitter também. :)

Não esqueça de add sua foto em nosso grupo no flickr

Visão do Sol

Quando iremos a praia sempre temos o costume de olhar pro sol, você já imaginei fazendo ao contrário, olhando de cima pra baixo?

O fotógrafo norte-americano Gray Malin adora uma praia cheia, ele criou uma série chamada Á La Plage onde ele fotografa as praias de cima para baixo, as fotos ficam bem mais interessante quando há muitas toalhas e guarda-sóis estendido á beira do mar.

Ele usa o seguinte método viaja para algumas praias bonitas do mundo, já esteve na Austrália, Havaí e Rio de Janeiro, espera um dia ensolarado, aluga um helicóptero por uma hora e sai clicando.

Conheça mais do trabalho de Gray Malin em seu SITE

– Wedson Marques –

Já curtiu nossa página no Facebook? Não? Então Clique Aqui  e fique por dentro de todas as atualizações e novidades!
E siga-nos no Twitter  também. :)

Tilt-Shift

Você já deve ter visto por aí fotos de lugares reais que pareciam maquetes, se ainda não conhece dê uma olhada nas fotos abaixo.

A técnica também pode ser usada em vídeos. Selecionei um pra mostrar.

http://www.youtube.com/watch?v=_mUWuDg8YKk&feature=fvsr

Esse tipo de fotografia tem um nome, chama-se Tilt-Shift. É uma técnica que surgiu com um tipo de lente e agora pode ser feita através de programas de edição de imagem.

A objetiva produz esse tipo de efeito graças ao seu “tilt”, ou sua inclinação, que provoca um desfoque em áreas que não seriam possíveis com lentes comuns.

Essas lentes tem um preço bem elevado, mas calma, pra quem quer produzir sua foto tilt-shift há outra opção. Existem formas de se produzir o efeito em softwares como o Photoshop, mas vou mostrar um site criado só para esse fim.

O http://tiltshiftmaker.com/ é bastante simples de usar, basta fazer o upload da sua imagem, definir as áreas de desfoque, salvar e fazer o download da imagem pronta.

Mas, antes de correr pra brincar com essa ferramenta, algumas dicas são importantes:

–        Escolha imagens com bastante cor e objetos, isso aumentará a impressão de miniatura depois.

–        Teste a faixa de foco até encontrar a medida certa para cada foto.

–        Sature um pouquinho sua imagem, sem exageros, claro.

–        Imagem de cenários maiores funcionam melhor.

Agora, corra clicar e fazer seu tilt-shift, mande o link com sua foto nos comentários pra vermos como ficou e boa sorte!

Grande Angular e Teleobjetiva: quais as diferenças?

Uma das duvidas mais frequentes em relação as objetivas é qual é, afinal, a diferença entre uma grande angular e uma teleobjetiva. Pois bem, nesse post vamos explicar um pouquinho sobre isso.

Pode-se dizer que grande angular são todas aquelas lentes com 50mm ou menos.

Ok, mas e no que isso interfere, afinal? Bastante simples. Quanto menor o número “mm” maior é o ângulo de visão da câmera, logo uma 18mm tem um ângulo de visão maior que uma 24mm.

Essa “visão” maior acaba gerando uma distorção na imagem, que fica mais acentuada nas bordas. Veja a imagem exemplo abaixo.

Imagem

Teleobjetiva então são aquelas lentes a partir da 50mm. Elas tem um ângulo de visão mais fechado, por isso elas geralmente são usadas para fotografar coisas que estão a uma distância maior.

Esta imagem pode explicar melhor a diferença do ângulo de visão de cada uma.

Outra diferença importante no resultado estético de cada tipo de lente é que a angular faz os planos se afastarem dentro da fotografia, assim, um objetivo que está a 1 de uma parede, por exemplo, vai aparentar estar a 2 se a foto for feita com uma grande angular.

Já as teles achatam os planos, fazendo parecer que cada plano está mair próximo do outro.

Agora é só descobrir de qual tipo você gosta mais e clicar!

Fazendo Light Painting

Como falei no post anterior – Fotografia Noturna – esse iremos falar de forma simples de como fazer essa técnica chamada light painting ou como muitas pessoas chamam desenho com Luz.

Seguem algumas dicas bem simples pra se obter um bom resultado:

1 – O local que deseja fazer quanto mais escuro melhor;
2 – Fixe a câmera em um tripé ou a deixe e um local firme;
3 – Vamos deixar a velocidade do obturador a mais lento possível de sua câmera;
4 – Pegar lanterna coloridas ou qualquer objeto colorido (pode até ser seu celular);
5 – Da um click na câmera ir pra frente dela e fazer o desenho que desejar (um coração, uma estrela, uma arvore, uma pessoa etc.) quem decide e sua imaginação e criatividade;
6 – Feito isso só esperar a câmera processar e ver o resultado.

Confiram alguns resultados:

– Wedson Marques –

Já curtiu nossa página no Facebook? Não? Então Clique aqui e fique por dentro de todas as atualizações e novidades!
E siga-nos no Twitter também. :)

Não esqueça de add sua foto em nosso grupo no flickr

Entendendo uma Lente de câmera DSLR

Vamos falar e entender um pouco das lentes das câmeras, conhecida também pelo nome de “objetiva”.
De início, a lente de uma câmera se torna bem mais importante do que o próprio corpo. Como vimos há alguns meses atrás, a Nikon e a Canon fizeram lançamento de novos corpos. Já as lentes não têm atualização. Cuidando bem da sua, ela durará pra sempre, afinal ela é a responsável pelo foco, zoom e quantidade de luz na foto.
Vamos entender um pouco como funcionam as informações que vem na lente:

Esse valor 18-55mm mostra qual a distância focal de sua lente. Ao contrário do que se costuma pensar, quanto menor os mm maior a distância do objeto no qual deseja fotografar .

Distancia focal 18mm

Distancia Focal 55mm

Quando usamos a distância focal 18mm é fotografado o ambiente ao redor que se deseja fotografar. Quando fotografamos com a distância focal 55mm o que fica no fundo ta mais desfocado do que está a frente.

Quando vamos fotografar algum objeto ou mesmo uma simples paisagem, temos que prestar bastante atenção na abertura da lente. Perceba que a numeração funciona da mesma forma: quanto menor a abertura (f/1.8) melhor você conseguirá focar o que deseja, e ao redor dele ficará desfocado, e quanto maior a abertura (f/5.6), além de fotografar o objeto, a profundidade de campo é maior, pegando toda composição ao redor do objeto principal.

Abertura 1.8

Abertura 5.6

Qualquer dúvida pode nos perguntar ou até mesmo nos mandar um e-mail (omundoatravésdaslentes@gmail.com) que iremos responder assim que possível .

– Wedson Marques –

Já curtiu nossa página no Facebook? Não? Então Clique aqui e fique por dentro de todas as atualizações e novidades!
E siga-nos no Twitter também. :)

Não esqueça de add sua foto em nosso grupo no flickr